Para salvar um domingo

wonka_impar.jpg

O Wonkavision faz parte de uma geração do indie nacional que já foi. Formado em 2000 em Porto Alegre, é contemporâneo da geração gaúcha que prometia arrebatar o país lá por 2001 – mais notadamente Bidê ou Balde e Video Hits. Os sulistas não conquistaram o Brasil – apesar do sucesso de “Melissa”, do BoB, que ganhou VMB e tudo – e assim o Wonka habitou as “cabeças” da cena underground no início da década, dividindo o posto com nomes como Mopho, Pipodélica e Autoramas. Dessas, notadamente apenas o Autoramas se mantém com projeção até hoje.  A Pipodélica acabou (mas está com disco novo, mais tarde eu falo dele aqui) e o Mopho não lança disco há um bom tempo.

E o Wonkavision? Manu e Will estão morando em Londres, o que quer dizer que a banda não faz shows. No entanto, eles colocaram a versão em inglês de seu CD de estréia (lançada apenas no Japão) para download no Trama Virtual, relançaram o primeiro disco com seis faixas bônus (versões acústicas inéditas de “Nanana” e “Quando 16”, mais “Powerbossa”, “Ah, É Assim?”, “Super-homem” e “Amigo por um dia”, resgatadas das demos) e, desde janeiro, colocam uma música do CD novo por mês, de graça, para download no site oficial. Até o final do ano todas as 12 faixas estarão lançadas como singles independentes.

Não há nada de novo no som apresentado, o mesmo powerpop à The Rentals que notabilizou os gaúchos durante sua trajetória. “Double Dealing”, faixa de fevereiro, é inclusive bem sem graça, fraca perto da produção anterior do grupo. É em “O Ímpar Perfeito”, música de janeiro, que reside o poder ainda atual do Wonkavision. Dona de uma daquelas letras de Will que falam sobre rejeição (“diz que eu não passo de um topa-todas/que não chega a nenhum lugar/despreza o meu pouco estudo”), amores difíceis, que resulta num refrão grudento e redentor (“deve ser porque/quando ninguém vê/ mesmo sem querer/eu sou o ímpar perfeito pra você”). Não chega a ser algo que vá mudar a vida de alguém, mas pode, perfeitamente, salvar qualquer domingo nublado.

Anúncios

Tags: , ,

2 Respostas to “Para salvar um domingo”

  1. Alemão Says:

    Opa, brother!
    O som é bom mesmo, mas acho que não chega perto de outras canções do Wonka. E eu que não to conseguindo dar uma renovada na minha playlist… Vou dedicar algum tempo a isso. Aceito sugestões. Abraço.

  2. Duas músicas novas « Balada do Louco Says:

    […] “Paranóia“. Eu já tinha falado de outra música deles, “Ímpar Perfeito”, aqui. “Paranóia” tem uma das melhores linhas de baixo da banda, que junto com o teclado […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: