“So please don’t kiss another girl”

A noite era de gala, afinal, era a última gravação do DVD que Mallu Magalhães está preparando desde o início do ano. Para não deixar dúvidas, a protagonista entra no palco com um vestido preto longo, sóbrio, uma gravatinha borboleta e uma cartola. Bem diferente das roupas quadriculadas e de brechó que a acompanham desde o início da carreira, em janeiro deste ano. Um dos primeiros sinais das mudanças do maior fenômeno da música indie nacional em 2008.

Faz menos de um ano, mas Mallu evoluiu bastante. Dos primeiros shows, em janeiro e fevereiro, a timidez que ela ainda deixa transparecer nas entrevistas foi sumindo aos poucos em cima do palco. Primeiro a postura – agora ela canta em pé e encarando a platéia, ao contrário dos shows sentados e com cabeça baixa, atrapalhando um pouco a saída da voz. E também a interação. Na hora de falar com o público não há espaço para aquela menina lacônica que aparece nos vídeos. Mallu está mais à vontade no palco, resultado de dez meses fazendo diversos shows por todo o Brasil, passando por grandes festivais independentes e enfrentando o público de diversos lugares.

Na voz os efeitos também são perceptíveis. Apesar de ainda escorregar e dar umas pequenas desafinadas em alguns momentos, ela achou seu jeito de cantar. Isso fica claro na última música do show, a cover de “Folsom Prison Blues”, em que Mallu deixa de tentar interpretar a música da mesma maneira que o original e canta com falsetes, adaptando os agudos a suas limitações. Resultado 100% melhor do que o do início, quando Johnny Cash devia se revirar no túmulo ao ouvi-la cantar.

Tocando para um público formado por adolescentes e seus pais em um bar de um bairro nobre de São Paulo, onde era possível se distinguir os perfumes das pessoas ao invés de se infestar com cheiro de cigarro – um cenário atípico para os padrões indies – Mallu apresentou um repertório variado, não se prendendo apenas ao folk que lhe deu a fama. E talvez seja esse o grande erro de Mallu. Ao tentar atacar de diva ou ao apresentar uma música recém-composta bem influenciada pelo trabalho de Marcelo Camelo (ela participou do primeiro disco solo dele, Sou, na música “Janta”) ela comprova que seu talento está em criar melodias folks doces e suaves ao violão – qualquer coisa fora disso soa forçado. Entre os destaques do repertório, além dos sucessos “Tchubaruba” e “J1” – cantados timidamente pela platéia – a bela balada “Sualk”, com direito a solo de guitarra farofa e dancinha graciosa de Mallu à bailarina.

Apesar da enorme evolução, ainda faltam alguns detalhes para Mallu atingir uma performance plena. Em vários momentos ela começa a dançar no palco, alonga uma sílaba e você fica torcendo para ela se soltar mais, e ela pára exatamente quando está quase chegando no momento certo da entrega no palco. Coisas que se adquirem com experiência – e que ela tem muito tempo para alcançar. Até o momento ela soube evoluir, e é de se esperar que o DVD, gravado em vários shows desde fevereiro, mostre esses momentos diferentes. Talento e potencial ela sempre demonstrou.

Fotos de divulgação

Anúncios

Tags:

2 Respostas to ““So please don’t kiss another girl””

  1. Phonobase Says:

    Olá Tiago,
    Sou da Phonobase Music Services, empresa que lançou o disco “Pareço Moderno” do Cérebro Eletrônico (myspace/cerebroeletronico). Tudo bem?
    Seguinte: vamos disponibilizar somente em blogs amigos um EP Virtual com 8 músicas (3 do disco, 1 ao vivo e 3 remixes) e queria saber se você tem interesse. Se topar, me avise pelo blog@phonobase.com aí te passo o link, capa, encarte, etc. Preciso de uma resposta rápida, pois queremos colocar o EP no ar amanhã (22/10) ou no máximo na quinta. Valeu! Abraços.

  2. Mera coincidência? « Balada do Louco Says:

    […] estilo para nossa garota prodígio do folk? Eu juro que pensei em fazer isso quando falei sobre o ultimo show de gravação do DVD mas, bem, eu não sou tão […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: