Os 50 melhores discos nacionais da década (31 a 40)

Continuando…

40 – With Lasers – Bonde do Rolê (2006)

bondedorole_withlaseres

39 – Vanguart – Vanguart (2007)

vanguart

38 – Los Porongas – Los Porongas (2007)

los porongas

37 – Nada Pode Parar os Autoramas – Autoramas (2003)

autoramas

36 – O Avesso – Poléxia (2005)

35 – Não Esperem por Nós – Pipodélica (2008)

5043discos-pipodelica-naoesperem

34 – (Não Contavam com) Os Pistoleiros – Os Pistoleiros (2000)

pistoleiros

33 – Homem-Espuma – Mombojó (2006)

homem-espuma

32 – Tudo Que Eu Sempre Sonhei – Pullovers (2009)

capa_pullovers_tudo_que_eu_sempre_sonhei

31 – Life is a Big Holiday for Us – Black Drawing Chalks (2009)

capa-black-drawing-chalks

Anúncios

8 Respostas to “Os 50 melhores discos nacionais da década (31 a 40)”

  1. Junior Says:

    Tirando o Bonde do Rolê e outra coisinha do gênero pop descartável, tem bastante coisa boa nessa segunda parte da lista.
    Às viúvas de Legião Urbana e aos saudosistas dos anos 80, recomendo: Ouçam Los Porongas, uma das melhores bandas nacionais da atualidade, com letras consistentes e instrumental muito acima da média.
    Ah, e tem também o Vanguart, que fez um exceletente disco de estréia e deve conquistar um público cada vez maior em seus próximos trabalhos.

  2. Maurício p/ Júnior Says:

    Pois é Júnior… Parece q vc não entendeu nada mesmo… Um grande amigo meu sempre diz q vc precisa pisar na m.erda, ao menos uma vez pra saber q fede… Eu conheço essas bandas, e a questão não é saudosismo… A questão é qualidade e atitude… Cito os anos 80 como uma referência de diversidade e efervecência musical, assim como foram os anos 60. As bandas da primeira década do século 21, ao menos essas da lista, são, para dizer o mínimo, apáticas… Todas tem a mesmíssima sonoridade e um suposto “lirismo” pseudo-intelectualóide débil-mental… Vide Vanguart, “Loser Manos”, Mallu Magalhães, Little Joy e afins… Os anos 90 por exemplo foram mortos tbm, mas ainda assim mais interessantes… Hj não há a diversidade de estilos q caracterizou, por exemplo, os anos 80, no qual vc poderia encontrar desde Violeta de Outono até Camisa de Vênus, Desde Ratos de Porão até Blitz… Essas bandinhas de agora ficam se imitando entre sí num cíclo interminável de mesmice… Desperdício de uma juventude que optou por ser arrogante e inexpressiva… LAMENTÁVEL…

  3. Maurício Says:

    Vamos ver se ao menos aparecem bandas como Forgotten Boys nessa lista… Torture Squad seria esperar demais… MESMO !!!

  4. Titta Says:

    Mombojó é bacana. ao extremo!

  5. Junior Says:

    Poxa Maurício, dizer que todas as bandas de agora tem a mesma sonoridade, é no mínimo uma questão de deficiência auditiva…
    O que o Pata de Elefante tem em comum com o Pipodélica? O que o Vanguart tem em comum com o Los Porongas? O Mombojó tem alguma coisa a ver com o Black Drawing Chalks?
    Mopho fez um disco cuja sonoridade mais se assemelha aos Mutantes e Arnaldo Baptista.
    A diversidade está aí…só não vê quem não quer.
    As Bandas são apáticas? Assista um show do Macaco Bong e você vai ver que não é à toa que eles vem sendo aclamados internacionalmente.
    Eu vivi os anos 80, vi surgir a Blitz, fui a muitos shows dos Titãs, do Ira!, do Lobão, realmente foi uma época legal, porque foi quando a juventude brasileira teve uma identificação muito grande com o rock. Lembro que quase todo mundo curtia Ultraje a Rigor e Camisa de Vênus.
    Infelizmente, hoje, a molecada está mais interessada em bandinhas Emo, ou em outros estilos deploráveis, como o Funk (pancadão) e Pagode mela-cueca.
    Atualmente, há sim muita banda ruim, mas também há muita coisa boa que precisa ser ouvida com atenção.
    É preciso ter discernimento para saber filtrar e separar o joio do trigo.
    O que eu vejo, é que existe muita má vontade de quem diz que não há nada que presta hoje. É muito mais fácil afirmar que tudo é uma porcaria do que se dar ao trabalho de ouvir para poder avaliar melhor. Daquele tipo que diz “Não ouvi e não gostei”.

  6. Maurício p/ Júnior Says:

    Como eu disse… Estou falando do q já ouvi… Já pisei na m.erda e posso dizer q não foi nem um pouco agradável… Existem basicamente três vertentes do q hj é chamado de rock nacional: O lirismo folk-debilóide, o regionalismo ufanista calcado no mangue beat (q aliás já não foi grande coisa) e as guitarrinhas funkeadas “a la anos 70” q não acrescentam novidade nenhuma !!! Se vc for perceber, tudo isso tem origem nos Mutantes, q por sua vez tbm não foram tão originais assim… Eles surgiram numa época em q o povo não tinha acesso ao q acontecia lá fora… E o q acontecia lá fora era Beatles e Stones… Está aí a maior vitude de Mutantes… Conhecer essas bandas… Numa boa cara… Quase nada hj em dia vale pena… Ou melhor… A maior parte do q acaba sendo bom, são os discos novos de bandas antigas… Nessa molecada dessa safra, sobra caretice, apatia, arrogância e elitísmo… Zero ATITUDE, o q por fim deveria ser a essência do bom e velho rock n’ roll… Cara, acabei de assistir o AC/DC semana passada no Morumbi… Quem dera essas bandinhas com nomes ruins (nem isso sabem fazer direito) fizessem um estágio com Mr. Angus e Malcom Young & CIA… Nossos ouvidos agradeceriam…

  7. Maurício p/ Júnior Says:

    E mais… Ao menos antes as bandas quando imitavam alguma coisa gringa, tinham a decência de ir beber na fonte do underground: The Jam, Jesus and Mary Chain, Smiths, Cure, Echo and the Bunnymen… Agora, essa galerinha cara de pau não quer nem saber !!! Quando não ficam se copiando entre sí, vão direto no Red Hot Chilli Peppers, no Green Day !!! Pra não correr risco de ficar de fora da MTV !!! rs… Cara, chega a ser patético…

  8. Os 50 melhores discos nacionais da década (1 a 10) | A Day In The Life Says:

    […] a última parte – e aqui os discos de 11 a 20, 21 a 30, 31 a 40 e 41 a 50. Leia, comente, xingue, critique, participe mas, o mais importante, escute. Estar de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: