Os 50 melhores discos nacionais da década (1 a 10)

Antes de mais nada, cabem aqui algumas considerações sobre essa lista extensa. Vamos a elas:

1 – Quando o Lívio me pediu a lista com 50 discos eu tinha acabado de fechar o meu Top 10 da década para o Scream & Yell. Para a eleição do SY (que teve seu resultado divulgado na quarta e está um ótimo panorama da década), como eram apenas 10 discos, resolvi não repetir bandas. Assim, quando tive listar os 50 melhores da década, me peguei pensando se deveria manter o Top 10 inicial, porque o Ventura e o Uhuuu! teriam lugar fácil neste post de hoje. Mas, para não alterar nenhuma lista, preferi continuar a evitar a repetição nas primeiras posições. Por isso Ventura e Uhuuu! são o 11º e o 12º lugar.

2 – Essa lista tem caráter totalmente pessoal. Todos os discos que ocupam o Top 5, por exemplo, foram extremamente importantes e significativos em algum (ou alguns) momentos destes últimos dez anos. Foram trilha sonora da minha vida, sendo bem piegas. Mas, é claro, o que mais balizou a lista foi qualidade estética e musical. Todos os discos deste Top 10 têm algo de transgressor, de particular, de sensacional. E, veja só, até por isso os cinco primeiros ganharam textinhos para explicá-los.

Abaixo, a última parte – e aqui os discos de 11 a 20, 21 a 30, 31 a 40 e 41 a 50. Leia, comente, xingue, critique, participe mas, o mais importante, escute. Estar de mente aberta para novas sonoridades e artistas é a coisa mais importante quando se gosta de música.

10 – Seres Verdes ao Redor – Supercordas (2006)

supercordas

9 – A Farsa do Samba Nublado – Wado (2004)

wado

8 – Doces, Refrescos e Tratamentos Dentários – Video Hits (2000)

videohits

7 – Japan Pop Show – Curumin (2008)

curumin

6 – Simetria Radial – Pipodélica (2003)

simetria

5 – O Exercício das Pequenas Coisas – Ludov (2005)

capa-ludov2

Poucas vezes durante os anos 00 uma banda brasileira fez um pop tão palatável e inteligente quanto em O Exercício das Pequenas Coisas. E olha que nem estou contando com “Princesa”, que entrou no disco como faixa-bônus. Já no refrão da primeira música do disco o Ludov ensina o caminho para este pop tão perfeitinho: “por que você se leva tão a sério?”. O clima leve e descontraído permeia as três primeiras músicas, no balanço suave de “Estrelas” e “O dia em que seremos felizes”. Mas é em “Dorme em Paz”, a quarta faixa, que a banda prova toda sua versatilidade, em uma balada soturna em um crescendo constante que culmina com um refrão poderoso, embalado pela linda voz de Vanessa Krongold.

Daí pra frente, o jogo estava ganho. “Kriptonita”, que virou tema de vinheta da Fox, traz a mesma intensidade de “Dorme em Paz”, mas agora balanceada pelo velho esquema estrofe-refrão-estrofe-refrão-solo-refrão-solo final, tão manjado mas tão saboroso ao mesmo tempo. O disco termina mais intimista e lírico, com as lindas “Todo Esse Ar” e “É Só Saudade”. Se o mercado fosse justo e coerente, com O Exercício das Pequenas Coisas o Ludov teria tomado de assalto o mainstream brasileiro e vendido milhares de discos.

4 – Daqui Pro Futuro – Pato Fu (2007)

daqui_pro_futuro

Se o Pato Fu do início exala juventude e experimentalismo, Daqui Pro Futuro é o retrato de uma banda adulta, em sua maioridade, que sempre fez o que quis durante a carreira e que, aqui, não tem vergonha de tocar nos assuntos de seu dia a dia. Por que, afinal, agora Fernanda é mãe e a experiência muda o jeito de ver o mundo. Apesar de todos os álbuns da banda representarem fielmente o momento pelo qual eles passavam, Daqui Pro Futuro soa como a obra mais sincera da banda, em que eles mais se expuseram enquanto pessoas. Orgânico, com a menor quantidade de barulhinhos e experiências sonoras, ele ressalta as melodias doces criadas pelos mineiros desde os primeiros discos, lembrando que toda boa música deve ser facilmente cantarolável ao violão.

3 – Grandes Infiéis – Violins (2005)

violins-grandes-infieis-album-artwork-13956

O grande segredo do Violins é a união do peso de suas guitarras cheias de riffs entrelaçados e as letras filosóficas do vocalista Beto Cupertino, em uma melodia vocal leve. Grandes Infiéis é um disco sobre as relações pessoais confusas, sobre a (dês)confiança mútua, sobre a vida, enfim. Vai da porrada de “Hans”, inspirada no livro A Montanha Mágica, à singela e acústica “Ok, ok”. Grandes Infiéis ganha o ouvinte na primeira ouvida, pega pelo colarinho, dá uns tapas no rosto e o acorda para a realidade áspera do mundo.

2 – … E o Método Tufo de Experiências – Cidadão Instigado (2005)

capacd-cidadao_instigado

É impossível falar de Cidadão Instigado sem dar destaque a seu líder e criador, o guitarrista Fernando Catatau. Nascido no Ceará, Catatau é fruto de uma geração que cresceu ouvindo os chamados “artistas bregas” (Odair José, Waldick Soriano, Benito di Paula) em casa. Mas, acima de tudo, é fã de Roberto Carlos e de música romântica. Catatau é o primeiro grande retrato de uma revalorização do brega nos tempos atuais, boa parte por causa do livro Eu Não Sou Cachorro, Não, de Paulo César Araújo (o mesmo que escreveu a biografia proibida do Rei Roberto).

Outro ponto: Catatau é um dos últimos guitar heros brasileiros, mas não espere solos velozes e acrobacias performáticas. A guitarra do cearense é marcante e reconhecível pelo cuidado com os timbres, o som “gordo” e que preenche muito bem as lacunas, pelo jeito meio seco de tocar as notas e aproveitar à exaustão sua sonoridade. Adicione isso ao olhar de um cronista urbano que veio do interior e você terá os elementos de …E O Método Tufo de Experiências, um disco experimental e ousado ao extremo.

Ele abre e fecha com duas baladas de cortar o coração (“Te Encontra Logo” e “O Tempo”) e abusa dos ritmos nordestinos e latinos em “O Pobre dos Dentes de Ouro” , “O Pinto de Peitos” e “Os Urubus Só Pensam em te Comer” . Mas talvez esteja em “Silêncio na Multidão” o ponto mais estranho do disco, um standard de quase oito minutos em que Catatau não canta, mas declama vagarosamente sua letra sobre a solidão assoladora da vida moderna.

Tufo é o retrato de uma brasilidade escondida e renegada pela maioria das pessoas, uma polaroid de uma identidade que não passa na novela da Globo. Se não é tão pop e assobiável quanto seu sucessor, Uhuuu!, guarda na transgressão e no confronto que os experimentalismos extremos propõe ao ouvinte seu grande segredo. É um disco difícil de assimilar, sem dúvida, mas que guarda detalhes que podem apontar os rumos de uma nova música brasileira. Uma obra-prima.

1 – Bloco do Eu Sozinho – Los Hermanos (2001)

Los_Hermanos_-_Bloco_Do_Eu_Sozinho_(2001)

Depois de Bloco do Eu Sozinho nada mais foi o mesmo no rock independente brasileiro. Este é o disco que tirou a vergonha de gostar de samba entre os indies, a invenção do rock-samba, com melancolia mil nunca vista antes no rock nacional. Não é exagero afirmar que cerca de metade das bandas do cenário atual são filhas diretas do Bloco e do Los Hermanos – Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta, Mombojó, Móveis Coloniais de Acaju, Banda Gentileza, Wado, Numismata, Cérebro Eletrônico para citar as primeiras que vieram à cabeça. Tudo isso por que Bloco é uma coleção de canções pungentes e singelas, do final de festa de “Todo carnaval tem seu fim” ao lirismo exacerbado de “Sentimental”, passando pelo misto de chanson francesa “Cher Antoine” e o vigor de “A Flor”. O disco que fundamentou o caminho para o Los Hermanos se tornar a banda de rock mais importante da década.

Anúncios

72 Respostas to “Os 50 melhores discos nacionais da década (1 a 10)”

  1. Diego Albuquerque Says:

    Do quarto ao primeiro entraram na minha lista dos 50. Do terceiro ao primeiro entraram entre os 10.

    os demais eu nao colocaria nem entre os 50 eu acho, mas é aquele negocio, gosto cada um tem o seu…

    Talvez o do Ludov tivesse alguma chance, participei da votação do Livio, se duvidar foi a lista mais absurda que ele recebeu…

    hahahahahahahahaha

    falows!

  2. Maurício Says:

    As barbinhas, as camisetas listradas, a carinha de merda e o sonzinho broxante faz parte do kit de quase todas as 50 bandas da lista ?!

  3. Jean Maurice Says:

    Tava na expectativa de saber se Los Hermanos seria o primeiro. Como você disse no início, eu também colocaria o “Ventura” no topo, mas esse disco também é foda. Me lembro claramente da primeira vez que assisti eles tocando “Todo carnaval tem seu fim” na televisão e de como isso foi um tapa na cara pra mim.

  4. Ênio Rodrigues Says:

    Gente que lista absurda é ésta???? Los hermanos?? isso que vocês chamam de banda é um lixo totalmente desprezivel, façam um list de bandas que são dignas de entrarem para esse hall. não esse lixo.
    los hermanos… que piada.
    Você seria um ótimo comediante !! Pense na hipótese

  5. André Says:

    Mauricio

    concordo plenamente…..ouvir um dico destes materia qualquer um, imagine os 50 rssssss
    Puta coisa chata.

  6. Grace Says:

    Amoooooooo Los hermanos. Dou 3 motivos:
    1º As vozes do Marcelo e do Amarante são lindas!!!
    2º As letras são profundas e tocantes!
    3º Os acordes são Show. Misturar guitarra, bateria, baixo com trompete e etc ficada FODAAAAAAA!
    Falei
    E digo mais: Los Hermanos lembra meus tempos de facul da Urca quando eu dava uns pegar no meu primeiro amor da praia vermelha! hahahaha

  7. Maurício Says:

    Galera… O certo é “Loser Manos”… rs

  8. ROSE Says:

    Adoro Los Hemanos, mas para ouvir tem que pensar, e isso para algumas pessoas é dificil.
    A musica Cara estranho, foi que me convenceu!
    Adoro musica alternativa com conteudo, com sonoridade.
    Adorei a lista pois não foi previsivel.

    Saudações

    • Maurício Says:

      Não foi previsível ?! Tá brincando, né ?! Eu adiviinhei q o primeiro lugar seria Loser Manos já na primeira parte da lista… Isso prova q não precisa “PENSAR” ou ser nenhum gênio pra conhecer a cabecinha do povo q gosta desse tipo de lixo…rs

    • Roger Says:

      Prezado Maurício:
      Se você não gosta do som dos caras ou não gostou da lista que foi feita, o problema é seu… mas tem quem goste. Vá procurar uma lista com o top ten do gênero que você curte. Mas ficar falando mal da opinião dos outros é muito desagradável. Isso sem falar no desrespeito às bandas. Eu prefiro ter a cabecinha desse povo do que ser mal educado como você!!!

  9. Maurício p/ Alexandre Says:

    Bom, barbinha por barbinha, prefiro as barbonas do ZZ TOP, camisetas listradas… Bom pode ser o Clipe de Jailbreak do AC/DC em q o Angus está vestido de presidiário… rs. Carinha de merda, eu simplesmente não gosto, se for pra fazer pose de deprimido, os caras do Joy Division fizeram isso com muito mais propriedade… E sonzinho broxante eu não gosto de jeito nenhum… Prefiro qq musica que não seja Ana Júlia… AHAHAHAHAHAH…

  10. eu Says:

    Meus pesames aos que não gosta de Los Hermanos.. “Se você não entende, não é para você” . O público do Los Hermanos é bem seletivo mesmo 😉

  11. Yohana Says:

    se botassem LATINO E PERLA dai esse povinho ia gosta. Concordo que o publico de Los hermanos é seletivo.

    • Maurício p/ Yohana Says:

      Yohana Sebastiana Bach… Minha cara… Se o Chacrinha fosse vivo, o Loser Manos não sairia de lá… Letrinhas com filosofia de boteco, q só impressionam menininha de 15 anos como a Mallu Magalhães !!! OPA !!! Será q desvendei o mistério ?! 😐 Desculpa aí gente !!! rs…

  12. Maurício p/ Roger Says:

    Pois é meu caro Roger… Mas parece q tem mais gente nesse post q concorda plenamente comigo… “Quem tenta ser diferente, apenas fica igual a todo mundo q tenta ser diferente”…rs

  13. Victor Says:

    Maurício, tem gente que quer só ser diferente, e inventa mil razões pra gostar de uma banda ou outra. Outras pessoas só curtem o som, sem ideologias idiotas e sem se sentir melhor nem pior por isso.
    No fim das contas, acho que você devia deixar a sua lista dos top 10 aí, quem sabe você consegue umas críticas e uns insultos também…

    • Maurício p/ Victor Says:

      Eu não Victor !!! Não vou fazer isso pq o som q eu curto é para um público muuuuuuito seletivo !!!! AHAHAHAHAHAHAH !!! Cara, eu me divirto !!! rs…

  14. Laís Says:

    Eu fico aqui pensando…quanta gente idiota existe neste mundo. Cara, se você não curte uma parada, fica na tua! Agora ficar zoando, desrespeitando uma banda de auta qualidade como Los Hermanos, tem que ser muito idiota mesmo. Cada um tem o direito de curtir o que quiser. Mente limitada é isso mesmo galera, nem ao menos consegue aceitar que existe realmente um grupo limitado de pessoas inteligentes e de bom gosto! Los Hermanos merece!!!

  15. ligia Says:

    gente pelo amor de Deus, Los Hermanos e pra quem curte mesmo, não adianta ou vc gosta ou nao gosta, mas so tem um detalhe pra gostar tem que entender a mensagem e isso sinceramente nao ficou para todos, eu simplesmente adoooro, desde a facu de Historia ……….SAUDAÇÕES AOS QUE GOSTAM, E AOS QUE NÃO GOSTAM LAMENTO MUITO.

  16. Laís Says:

    Concordo plenamente com o Victor. Cada um curte o que quiser, o que faz bem, o que faz viajar, seja reggae, rock, mpb, pop e até mesmo música brega. O que vale mesmo é ser feliz!!!

  17. Laís Says:

    Eu acho que vc tem sérios problemas, meu caro maurício. Vai em paz, meu filho. Vai! Curte seu som, o que te faz bem. Não fica aí se preocupando com quem escreve o que ou como escreve. Vc deve ter sérios problemas de relacionamento. Os caras merecem mesmo. Fazer o que?! E são de ALTA QUALIDADE!!!! Gostou??????

  18. Victor Says:

    Não concordo com ninguém aqui que acha que quem ouve LH é mais inteligente, ou algo parecido. Pra mim é uma banda como qualquer outra. Na verdade esse tipo de pensamento é o que faz uns sem noção tipo esse Maurício pentelhar quem curte LH ou similares.

  19. Laís Says:

    Gente, fica em paz! Los Hermanos é uma banda muito bacana, e merece esta colocação. Um grande abraço para todos os que curtem música, que é o mais importante. Música eleva, traz alegria, conforto, paz…Viva ao Djavan, Natiruts, Bob Marley, System of a Down, Silverchair, Rage, Marisa Monte, Vanessa da Mata, Jason Mraz, John Legend, Capital Inicial, Paralamas, Coldplay, Legião Urbana, Matisyahu, O Rappa, Planta e Raiz, The Fray, Titãs, e finalmente, Los Hermanos…viva a todas as bandas! Viva a música!!! Valeu!

  20. Victor Says:

    Maurício, acho que você não sabe ler cara…
    Eu to dizendo que NÃO faço parte de um grupo seleto e NÃO sou melhor do que ninguém pq gosto de Los Hermanos.

    Muita gente idiota ouve Los Hermanos, mas muita gente idiota ouve um monte de coisa. Idiotia não é exclusividade de nenhum gênero musical. Também não tenho saco pra pseudo-intelectuais profissionais (dos cursos de humanas principalmente) e pretensiosos.

    De qualquer forma, tenho mais o que fazer. Divirta-se aí.

  21. Laís Says:

    Vamo curtir com paz, sem preconceito, sem desrespeito. Isso é o que vale. Por isso que o mundo está como está. Por causa de pessoas que não tem limites, que não aceitam a opinião e vontade de outros, que são egocêntricas. O mundo não gira em torno apenas de um, mas de um uma enorme massa, que possui valores, raças, gostos, condiçoes financeiras diferenciadas. O bom da vida é aprender, curtir, dançar, ser feliz, independentemente do que os outros pensam ou gostam.

  22. Victor Says:

    Ok, Maurício, então era isso… mas é assim mesmo. As pessoas gostam de se sentir especiais pq fazem parte de um grupo. Isso é normal, mas tbm não suporto esses fãs toscões.

  23. Danilo Says:

    Cadê Latino e Perla ? Listinha fraca. E o Bonde do Trigrão.

  24. Jonny Says:

    Tem que avisar para os editores do ibest para especificar na primeira página que a escolha é pessoal desse jornalista e não pesquisa porque parece algo mentiroso, se vc não le a matéria vai sair por ai divulgando o que esta na primeira página “album do los hermanos é o melhor da década”

    Tem que especificar..

    Abraços a todos

  25. Laís Says:

    Exatamente Danilo. É isso mesmo! Curta sua parada sem vergonha. Ninguém aqui é fã tosco, pseudo-intelectual, etc… Só ficamos felizes por ver que bandas que admiramos são top de linha. E ficamos tristes por saber que existem pessoas uqe não respeitam individualidade, opinião pessoal, etc. Parabéns aos que tem coragem de assumir o que são! Essa galera é muito…sei lá!!!! Eu, hein?!

  26. Jonas Macabeus Says:

    indie de merda, por isso que tem um blog, isso é lista a se apresentar? eu ri tanto com esses posts q eu fiquei pensando “meu Deus, como dão espaço pra um tapado desse? por isso q a música tá como tá..”

    INDIE! hahahahahah

  27. João Cavalcante Says:

    Afff.. “gentinha“ eh fda!!…
    MEU, vcs leram MESMO oq o cara escreveu?
    Eh o gosto do cara! RESPEITEM… cada um tem o seu…..
    bando de povinho…..

    • Jonny Says:

      só que o problema é que o ibest na primeira página não coloca o nome do jornalista e que é escolha pessoal..
      ai parece que foi feito uma pesquisa nacional ou coisa assim..

  28. Laís Says:

    Galera, malz aê! Me excedi um pouco. Desculpa aí Maurício, Victor e outros. Eu curto vários estilos musicais, e tenho certeza que muitos aqui também. Só não acho bacana ficar atingindo os outros, desrespeitando. Mas, já percebi: “cada um no seu quadrado”! Parabéns à todas as bandas e músicos que ralam para trazer o melhor de vocês, a fim de agradar a todos nós. Galera, fui!

  29. Haroldo Sant'Anna Says:

    O Bloco é uma bela contribuição dos Hemanos ao rock, pop-rock ou sei lá o quê da música brasileira. Não importa o gênero. O que fica pra quem ouve são as letras, a melodia, compreensão e experiência de vida – que são diferentes pra cada um de nós. Diverjamos sim, mas nunca nos desrespeitemos.

  30. Luis Cesar Says:

    Mano! Só tem Banda Lixo, de Bicho Grilo! Porra Kd o CD Dias Claros de Wilson Sideral, ou Discotecagem Pop Variada do Jota Quest??
    Seis Tão loucos manu!!

  31. Nayara Says:

    FODA-C O que vcs pensam .. LOS HERMANOS ESTA EM PRIMEIROOOO UHULLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

  32. cauã Says:

    Isso aí! Pra NÓS Los Hermanos é o melhor mesmo.. Pagodeiros e Sertanejos, por favor, se retirem e vão curtir a dor de corno de vocês.

  33. guh_correa Says:

    esse cd é demais

  34. Daniel Says:

    Se somarem as vendas dos CDs acho que não chega a dois discos de ouro. rsrsrsrsrsrsrs

  35. Rodrigo Says:

    o dia que los hermanos for uma banda de rock eu corto meu saco fora.

    O Brasil é o país mais pobre do mundo no que dis respeito a ROCK de verdade.

    O Mundo inteiro tem bandas de rock fantásticas enquanto a gente fica nessa tendencia exdrúxula de misturar cultura de botequeiro cult com rock.

  36. cauã Says:

    Rodrigo .. Alguém citou o genero de música do Los Hermanos?? Até porque Los Hermanos não é rock e pelo jeito de rock você não entende nada

  37. Jean Maurice Says:

    Eu colocaria Moptop e Little Joy na lista…

  38. Junior Says:

    Pois é, desde o começo eu já sabia que Los Hermanos seriam os primeiros da lista.
    Se eu concordo? Não, depois de Ana Julia não poderia ter nada que eles fizessem que me poderia me agradar e apagar aquele estigma que eles deixaram.
    Ouvi e reouvi “O bloco do Eu sozinho” na tentativa de descobrir o motivo de tanta badalação, juro que tentei, mas não rolou…
    Bom, sei que é meu gosto pessoal, não estou dizendo que a banda é um lixo, apenas não agradou o meu paladar.
    Quanto a outros, acho que o Ruido Rosa do Pato Fu merecia mais estar aqui do que os outros dois selecionados.
    Também acho que “Cinema Auditivo” do Wado é mais representativo do que “A farsa do samba Nublado”.
    Mas adorei ver o simetria radial do Pipodélica entre os 10 primeiros.
    Só senti falta de “Uma tarde na fruteira” do Júpiter Maçã, que eu considero um dos melhores discos nacionais da década.
    Mas é claro, isso na minha opinião.
    Parabéns Tiago! Até agora, essa foi a lista onde eu encontrei mais discos que eu admiro e a partir de agora vou acompanhar este site mais vezes.

  39. cauã Says:

    Ao Daniel ..
    Desde quando podemos analisar a qualidade de música pela quantidade de discos vendidos?
    Certamente esses devem ser o seus gostos musicais prediletos, né?

    Brasil

    01. Músicas para Louvar o Senhor – Padre Marcelo Rossi – 1998 – 3.328.468 cópias
    02. Xou da Xuxa 3 – Xuxa – 1988 – 3.216.000
    03. Leandro & Leonardo – Leandro & Leonardo – 1990 – 3.145.814
    04. Só pra Contrariar – Só pra Contrariar – 1997 – 2.984.384
    05. 4º Xou da Xuxa – Xuxa – 1989 – 2.920.000
    06. Xegundo Xou da Xuxa – Xuxa – 1987 – 2.754.000
    07. Um Sonhador – Leandro & Leonardo – 1998 – 2.732.735
    08. Xou da Xuxa – Xuxa – 1986 – 2.689.000
    09. Mamonas Assassinas – Mamonas Assassinas – 1995 – 2.468.830
    10. Terra Samba ao Vivo e a Cores – Terra Samba – 1998 – 2.450.411

  40. luciana Says:

    quanto a Ana Julia, Paul Mcartney quando ouviu a música achou muitoooo parecido com o som dos Beatles….então, gente pensa bem no que se escreve….pelo amor de Deus! Ignorância e mau gosto tem limite

  41. luciana Says:

    mas ceu é sacanagem…uma vez fui num show do João Bosco e dela que não conhecia….menino bonito menino bonito ahhhhhhhhhh….q saco!

  42. Mayana Says:

    A lista podia ser chamada de “Os 50 melhores discos pra cortar os pulsos”. Porque Los Hermanos né? É muito deprimente…

  43. Alessandro Says:

    Video hits!! Muito legal!!

  44. Geraldo Lima Says:

    SOCORROOOOOOO……..realmente estamos bem mal de criticos musicais hein…….Jesus…tenha piedade dos nossos ouvidos e perdoai os CRITICOS MUSICAIS BRASILEIROS ( q deles o inferno ta cheio , como diz STING ) .

  45. Cris Says:

    LOSERmanos é uma grande porcaria musical.

  46. marcelo mar Says:

    gente, vejam o que Paul Mcarthney disse…pelo amor de Deus….se ele disse isso…o resto desses grudunhentos aqui….têm que calar a boca…principlamente esse Mauricio lambe saco de estrangeiro….até gosto de bandas estrangeiras…como The cranberries, mas valorizo o nacional…..vai lamber o saco de estrangeiro babaca….eles nem sabem onde fica o Brasil….daqui a pouco o cara vai falar de Tom Jobim, Elis Regina e Milton Nascimento….mal é claro!…..vai estudar ao invés de ficar na net falando m…

    • Maurício Says:

      Vc tá lambendo o saco do Paul McCartney (é assim q se escreve, vai estudar imbecil !) e depois eu q sou puxa-saco de estrangeiro ?! Gosto de música boa, venha de onde vier… Acontece q música boa no Brasil tem sido cada vez mais rara… E só uns bostas metidos a intelectualóides como vc ficam macaqueando criticos q falam bem de lixos como Loser Manos…

  47. André Pimentel Says:

    Tenho 33 anos e o meu gosto musical possui forte influência do rock dos anos 90, como jane’s addiction, concrete blonde, alice in chains, nirvana, Pearl Jam e até mesmo Metallica. Uma coisa é certa, se tratando de Brasil, há tempos um disco como o Bloco do eu sozinho não trazia algo diferente. Os caras são músicos e somente músico poderia avaliar o que estou dizendo. O album é sensacional. Traz farta mensagem e melodia de todos os gêneros, como citado. Os metais espancam em algumas músicas tal como a percussão também é bem marcante. Muita melodia e inteligência nas composições. Parabéns pela crítica.

  48. tixturismo Says:

    Cara que vontade de bater nesse cameraman do video do supercordas. Espero que ele tenha feito essa ca gada por estar chapado e não pq acha que filmar assim é bacaninha…

  49. Reg Pontes Says:

    Pô cara….gosto muito dos 3 primeiros da lista…..violins é PHODA(com ph mesmo)

  50. Marcello Menezes Says:

    Se você for analisar essa lista é totalmente irrelevante, mas em parte a culpa é pela produção musical da década mesmo. Se você pegar todas essas bandas da lista daqui a uns 20 anos só vão se lembrar de Los Hermanos e Nação Zumbi. O resto é tudo banda indie, que tem algumas dúzias de fãns, mas que para o cenário musical “mesmo”, não influencia em nada.
    Para provar o que estou dizendo é só pegar os melhores discos nacionais da década de 70. Clube da Esquina, Secos e molhados, Construção, Acabou Chorare, Tábua de Esmeraldas, Elis e Tom, o 2 do Cartola. Daqui a 100 anos vão estar ouvindo esses discos. Agora esses da lista citada dessa década, nem agora estão ouvindo.

  51. Junior Says:

    Marcelo, que previsão mais pessimista, hein?
    Acho que nos anos 70 tem muito disco legal, mas que pouca gente ouviu naquela época e foram valorizados com o passaro do tempo.
    Um exemplo disso é o Racional do Tim Maia.A baixa tiragem com que ele foi lançado, pouca gente ouviu e hoje em dia se tornou um álbum cultuado.
    O mesmo pode ser dito de Paebiru, de Zé Ramalho com Lula Cortês. Foi um disco que ficou restrito a um pequeno grupo de admiradores da psicodelia nacional e agora o vinil tem muito valor histórico e é considerado um dos melhores discos do gênero não apenas no Brasil, mas internacionalmente.
    Até mesmo o Tábua de Esmeraldas que você citou, será que ele realmente foi muito ouvido nos anos 70?
    Acredito que muitos desses discos da lista terão mais reconhecimento no futuro do que estão tendo agora.
    Só lamento que quando as futuras gerações descobrirem Wado, Frank Jorge, Pipodélica, Mombojó, Cidadão Instigado, Mopho e outros, provavelmente muitas dessas bandas já não deverão mais existir.

    • Marcello Menezes Says:

      Junior, não é questão de pessimismo, mas vc concorda comigo que desses 5 primeiros o único que pode ser considerado “divisor de águas” mesmo é o bloco do eu sozinho. Pato fu? Ludov? Cidadão Instigado? Violins? Se esses são os representantes do que ouve de melhor na música nessa década, a década foi fraquíssima.
      É o que eu te falei, daqui 10 anos ou até menos ninguém vai mais falar desses albúns, ao contrário dos clássicos que eu citei. Tim Maia racional e Paebirú foram discos experimentais, movidos a viagens espirituais e psicotrópicas, que geraram alguns dos instrumentais mais loucos da nossa música nacional. Esses albúns citados aí em cima não chega nem perto disso.

  52. Alessandro Says:

    Faltou um ótimo disco ai na Lista: Skank – Cosmotron

    certamente um dos melhores da década, último disco produzido pelo Tom Capone, uma verdadeira obra prima.

  53. tiago lemes Says:

    Achei muito boa a lista

    Muito boa mesmo….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: