I'm a freak, I'm a weirdo

thom-yorke

Já que tanta gente me cobrou nos comentários do post anterior sobre eu não ter colocado o Radiohead entre os melhores da década, lá vão algumas considerações:

1 – Kid A: Juro que eu tentei. Ouvi o disco várias vezes, muitas delas tentando gostar, mas não rolou. A esquizofrenia eletrônica dele não me bate, simples assim. Entendo a importância, entendo a relevância, acho “Idiotheque” uma ótima música, só que o disco não bate. Mas eu curto bastante o texto do Simon Reynolds sobre ele, serve?

2 – In Rainbows: A união de Kid A e Ok Computer que o Radiohead fez nesse disco me agrada, acho que a retomada deles para as melodias foi a salvação da banda. É talvez o disco mais importante da década pelo modo como foi lançado e como abalou as estruturas da indústria – e eu acredito piamente que um dia iremos olhar para a história da música como “antes de In Raibows/depois de In Rainbows“, tipo a Queda da Bastilha do pop. Devemos lembrar, porém, que contexto histórico não importa em nada na elaboração dessa lista, e todos os outros discos, pra mim, são superiores musicalmente a In Rainbows. Ah, mas o texto do Matias sobre o álbum também é incrível.

3 – Eu gosto muito de Radiohead. Ok Computer é um dos melhores discos de todos os tempos pra mim – e quem leu este texto sabe disso.

4 – Tempos atrás o Giancarlo, do Hotel Avenida, falou algo sobre o Radiohead precisar ser entendido, nos dias de hoje, como uma banda que mostra as tendências a serem seguidas no futuro. Quase como uma banda guia, se é que isso existe. Acho que é um ótimo ponto de vista.

5 – O grande show de 2009 foi o do Radiohead – não fui no AC/DC, antes que metaleirinhos venham me atirar pedras. E um dos momentos mais emocionantes que eu presenciei em um palco foi esse abaixo.

Sobre listas:

1 – Eu não sou o dono da verdade e não espero que ninguém concorde 100% com o que eu escolhi. Eu não concordo 100% com a lista de ninguém. Por isso faço a minha.

2 – Listas servem, mais do que qualquer outra coisa, para gerar o debate. Para isso servem os comentários do blog. Argumentação é sempre sadia.

3 – Nunca uma lista, seja ela qual for, vai agradar a todo mundo. Para entender isso, você já leu o texto do Mac?

Acho que era isso. Voltem sempre e a gente se vê nos Melhores de 2009 =)

Anúncios

Tags:

8 Respostas to “I'm a freak, I'm a weirdo”

  1. L Says:

    Acho que nem precisava essa consideração, vc foi bem claro q a lista era de carater pessoal e nesse sentido, não há oq críticar.

    Eu particularmente (desculpe se for exagero) desconfio de uma lista dessa e da outra década que não tem nenhum disco dos Radiohead, por razões que julgo obvias, Arte, relevancia, tendencias, shows, posturas…discos sobretudo.

    Mas, como vc bem frisou, listas servem para o debate e a reflexão.

  2. Maurício Says:

    Tá aí… O “metaleirinho” aqui propõe um ENQUETE (não uma lista), sobre qual o melhor show da década… Vamos ver se os shows do Iron, o do Kiss e principalmente o do AC/DC ficam de fora… 😉

    • Tiago Says:

      Vai rolar a enquete no iG Música. Assim que entrar no ar eu aviso =)

    • Maurício Says:

      Além dos grandes, não se esqueça tbm de incluir os shows menores como o do Heaven & Hell (membros do Sabbath com Dio no vocal) no Credicard Hall em maio, do Motörhead no Via Funchal em abril, do Twisted Sister tbm no Via Funchal em novembro… Vamos ver se a somatória dos votos mesmo dos pequenos shows de metal não ultrapassam de loooonge tosqueirinhas como Radiohead (com Loser Manos, ECA !!!) e Keane… rs…

  3. Dum De Lucca Says:

    Meu caro até o show do Twisted Sister foi melhor do que o modorento e tedioso Radiohead. Indie é uma bela fraude e serve para quem jamais ouviu Aphordite Child, ou mesmo um bom Zappa.

    • Maurício Says:

      AMÉM MEU CARO !!! Ou um Stooges… Ou um Kinks… Ou um Wolfmother… Ou qq um q não considere um sampler ou um sequenciador como um instrumento musical !!! AHAHAHAHAHAHAH…

  4. Maurício Says:

    Pô Tiago, e arruma esse título aí, vai… Em inglês, quando a frase é interrogativa o verbo vem antes do pronome… O correto seria “Am I a freak, am I a Weirdo?”… Básico, heim meu velho… Isso se aprende no 2º grau… “NÓIS É HEADBANGER, MAS NÓIS PRESTAVA ATENÇÃO NA AULA!!!”… rs… Sem ressentimentos… 😉

  5. Maurício Says:

    Melhorou… 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: