O rei do rancor?

O título do post também podia ser “As polêmicas de Ed Motta”. O cantor deu uma entrevista curta para a Billboard deste mês sobre o último disco, Piquenique. Lá no final, a alfinetada.

Billboard: Você já mencionou que seu disco favorito é Aja, do Steely Dan. Por quê?

Ed Motta: Pela qualidade de estúdio, excelência de composição, até pelo ponto de vista técnico. É uma música bem feita, bem executada e feita por músicos, tudo que acabou no mundo. Desde Malcolm McLaren (empresário do Sex Pistols de 75 a 78) é esse monte de bicão que não sabe tocar, é aplaudido e ainda ganha muito dinheiro.”

Lembrei na hora da discussão dele com o Álvaro Pereira Jr., editor do Fantástico e colunista da Folha de São Paulo, no Altas Horas. A partir de 5’20” – e as respostas do APJ são sensacionais.

Anúncios

25 Respostas to “O rei do rancor?”

  1. anna virginia Says:

    ed deu um jeito de esculhambar geral até numa entrevista que fiz (rolling stone de janeiro) sobre johnny alf.

    na minha terra natal, a gente chama isso de “mala”.

  2. Elesbão Says:

    Será ainda o recalque por conta da rejeição ao ‘Entre e Ouça’, que o fez mimimizar pelo exterior?

    Gosto do novo som dele, do que faz com instrumentos (e não com a voz, preguiçosa). Mas é uma mala, como bem disseram acima.

    BTW, o que de melhor o Ed fez por mim foi abrir as portas para Steely Dan e algumas outras influências. SD realmente é fodão.

  3. Almir Miranda da Hora Says:

    APJ é um quimico que sabe misturar ou usar as palavras como um jornalista que é. mas ele é musico?

  4. ROBERT Says:

    ESSE MERDA SE ACHA AMERICANIZADO, SUAS MÚSICAS, RITMOS E ARRANJOS. TUDO SEGUINDO PADRÃO PARA AMERICANO OUVIR. GRANDE PALHAÇO. ESQUEÇE QUE ESTÁ NO BRASIL E AQUI SE FALA PORTUGUÊS NÃO INGLÊS. GRANDE IDIOTA ESSE ED MOTA. POR QUE NÃO SE MUDA DE VEZ PARA LÁ. GRAÇAS A DEUS ELE AQUI NÃO TEM VEZ. E QUE LEVE TAMBÉM ESSA MALDIÇÃO CHAMADA FUNK E SEUS ASQUEROSOS CANTORES..

    • Aniela Says:

      Tinha que ser ROBERT mesmo. Mediocrezinho… Nunca vai chegar a um dedo de criatividade e qualidade musical que o Ed Motta tem… Coitadinho infeliz… he he he

      Nesse país de m.. os melhores realmente não são compreendidos, porque são cercados pelo império da mediocridade, a escória brasileira, que não estuda e não tem apuro para qualidade musical. Lamentável. Ele tem que se mudar mesmo pra parar de aturar gentinha como vocês.

  5. Liz Says:

    Merda? Ed Mota é um tremendo artista. Que inveja,hein?!

  6. cristiane Says:

    trabalho com música há anos, até valorizo o talento do EM, mas suportar músico brasileiro hoje em dia, é demais, os que não sabem nada fazem fortuna cantando em trio elétrico, os que sabem não valorizam a própria terra natal, é por isso que estão na m…. que estão.

  7. Aniela Says:

    O Ed tem que esculhambar mesmo, esse país medíocre que só exalta medíocres não merece a qualidade e o talento de Ed Motta! Só quem não é medíocre (1 % da população do Brasil) consegue compreender e apreciar o trabalho e o brilhantismo desse cara. É a famosa frase “jogar pérolas para porcos”. E ele paga por não ser hipócrita, por falar o que pensa- e pensa direito. Isso é para poucos, coragem de ser sincero.

  8. Armando Says:

    Ed Motta é ótimo.

  9. cristiane Says:

    VALEU, ALVARO! CLAP CLAP CLAP PRÁ VC! ALGUÉM JÁ DEVERIA TER DITO ISSO ANTES PRÁ ESSE CARA QUE SÓ MOSTRA TER VERGONHA DO PAÍS EM QUE NASCEU!

  10. Pedro Says:

    A propria chamada como o Rei do Rancor, deixa claro que o Ed Mota tem total razão…è evidente a falta de cultura e informação daqueles que se acham capaz de criticar a obra de um artista…Vamos pensar apenas na qualidade dos cursos de formação de jornalismo…
    Sem duvidas vivemos em uma época onde impera a imbecilidade e mediocridade…Triste.

    • Aniela Says:

      Exatamente, Pedro…

    • Lina Says:

      Não é só isso. As escolas podem ser ruins, mas para escrever de música é necessário ter cultura geral, conhecer música clássica, jazz, blues, a história da música. Ter ouvido muito, desde os anos 50, no mínimo. Duvido que o bloqueiro aqui saiba distinguir soul de R&B, ou free jazz de fusion. E pra escrever de rock com escopo tem que ter ouvido desde James Cotton até Larrye Coryel . E ai me vem esse papo de respostas ótimas do APJ. Pagou mais uma de fraco, Tiago. Editar homes é pouco, bem pouco.

  11. Carlos de Jesus Shen Says:

    Ed Motta é um dos piores artistas que esse país já produziu. Não chega nem perto da qualidade dos artistas que ele menciona como influência e não tem nem 1% do carisma de seu tio famoso. Que continue estudando enologia, a música brasileira não perde nada sem ele.

  12. Ronaldo Costa Says:

    O cara é bom e não precisa de advogado de defesa pois suas atitudes não tipificam crime. Os analfabetos musicais tambem tem direito a opinião e sua crítica serve como incentivo ao artista consciente do próprio valor. Assim tanto os detratores quanto as viúvas do músico demonstrariam um melhor nível cultural se discutissem suas divergências com palavreado civilizado, inclusive lembrando que todos tem o direito, em um regime que não seja totalitário, de gostar de valores estrangeiros, bem como de não gostar de valores locais. A intolerância exposta por ambas as partes, demonstra que boa parcela de nossa sociedade não consegue dialogar pacificamente sobre música, imaginem sobre temas sociais de maior complexidade como discriminação e democracia, logo, por pior que as coisas fiquem certamente temos o que merecemos.

    • Lucas Says:

      Na Roma antiga diziam “Barbáros” todos que não falavam o latim. Os “analfabetos” devem ser aqueles que desconhecem esse gosto musical, do qual aprecias.

  13. Delei Duarte Says:

    Ed Mota e’ excelente musico e cantor. Entretanto de brasileiro NAO TEM NADA. Sua obra e’ uma copia canhestra da musica americana. Seu estilo, idem. Nao ha como negar a qualidade de sua arte, mas entre ele e um americano de verdade, prefiro o segundo. Ele teria feito melhor negocio se tivesse canalizado seu talento no sentido de apresentar um trabalho representativo da cultura brasileira, contudo preferiu ser uma copia dos americanos. Que pena.

  14. Edivaldo Moraes Says:

    Ed Motta? Quem é Ed Motta?? Saudades do inesquecível e inigualável Tim Maia que, aliás, chegou a dizer que seu sobrinho não cantava nada!.

  15. Lucas Says:

    Ed Motta não faz música para as pessoas, ele deve fazer música para músicos. Para as pessoas que entendem de música, harmonia, melodia, notas musicais. Como eu não entendo, sou leigo, fico escutando seu tio, Pixinguinha, Caymmi, Chico, Vinicius, Tom, Gil, João, Nara, Caetano, Gal, Elis, Bethânia, Cartola, Jamelão, Etta, Ella, Mercedes, Aretha, BB King, Holiday, Dylan, Célia Cruz, Chet, Dizzy entre alguns.

    • Albert Says:

      Concordo, quem são esses indies obtusos e sem cultura para criticar um cara como Ed Motta. E também concordo completamente como Ruy Rocker, aqui é uma morada desse lixo todo da desinformação,ou má formação.

  16. Alexander Pindarov Says:

    Vcs já pensaramm como o Brasil é um país maravilhoso,cujo governador de São Paulo e Brasilia a um passo do impeachment e o povo prestes a eleger aqueles maravilhosos políticos lá do cafundó do Judas e a imprensa nada fala,o povo nada faz … E um músico que ousa expressar sua opinião é tão “malhado” … Vou te dizer … Esse é o Brazil 😉

  17. Rui Rocker Says:

    Uma prova de que o Ed Motta tem razão é esse blog. Quando um jornalista inaugura um blog, como o Tiago, se dizendo indie -“O Dia em que Virei Indie” – tem-se a dimensão da mediocridade da raza nova “critica” de rock nacional. Ed Motta está coberto de razão quando se refere a bandas e músicos que não sabem tocar e jornalistas que não têm cultura musical alguma. Um “jornalista” se auto intitular indie é pra rir ou chorar? como li em um comentário em um blog do site Dynamite, por sinal excelente!!! É vergonhoso assumir tanta vulgaridade musical. Tá na cara que panelas de jornalistas e músicos indies brasileiros (isso é tragicômico) são os piores dos piores e reverberam o lixo musical e a desinformação para o fundo do tacho. Ed tem razão quando fala dos críticos ingleses. Ou algum desses jornalistas indies sabe distinguir um andante, escalas e ciclo de quintas em uma música? Por isso que temos Nevilton, Banda Gentileza, Charme Chulo, Los Porongas e coisas desse tipo. E o pior, isso gera uma grande confusão na cabeça desses indies

  18. Rui Rocker Says:

    Opa. Nesses jovens indies – rssss – que usam all star, cresceram tomando toddynho,é, pior, com certeza são influenciados por essa mídia ruim, péssima e ignorante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: