Das coisas importantes que aprendi na faculdade

Em uma das reuniões de TCC com a minha orientadora, contei que o personagem do meu perfil tinha um bife batizado em sua homenagem em um restaurante de São Paulo. “Você tem que comer o bife! Com ele!”, me disse ela. “Está aí seu lead.”

Lembrei, na hora, da forma que o garçom do restaurante em que comemos ostra, em Santo Antonio de Lisboa, no norte de Floripa, despediu-se de meu entrevistado: “prazer em te conhecer.” Mencionei o fato à minha orientadora e, naquele momento, sabia que tinha minha última frase. “Pronto, você tem o início e o fim. O resto é fácil.”

No começo, não acreditei. Hoje, porém, nunca me sinto tão em paz quando sei como começar e fechar um texto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: